Total de visualizações de página

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Serra de Baturité aponta com alta gastronomia de produtos locais em Mulungu

O SEBRAE Ceará em parceria com a Prefeitura Municipal de Mulungu iniciou na região do Maciço de Baturité, uma programação técnica diversificada em parceria com os empreendimentos da gastronomia do trade turístico no município. Nesta sexta-feira, dia 13, às 10h, acontece a entrega de certificações aos empreendedores pelo Projeto Revitalização da Gastronomia de Mulungu na Galeria e Cafeteria Santa Demolição. Em terras do café de sombra, de casarões históricos e paisagens coloniais, o município se prepara para revitalizar suas rotas gastronômicas com o objetivo de atrair visitantes e apostar na diversidade do agronegócio com produção e cultivo de café, hortaliças, frutas, raízes e ervas.

“A região serrana caracteriza-se por um consumo associado. A tradição cultural, gastronomia, meio ambiente, agroecologia, a rede hoteleira, constroem um ambiente privilegiado na Serra do Maciço”, afirma Fabiana Gizelle, Articuladora do Escritório Regional do SEBRAE no Maciço de Baturité.

Chef Luciano Ferreira ministrou oficinas e consultorias ao lado dos empresários locais para compartilhar experiências e interagir com as demandas da Serra no segmento gastronômico. O Luciano também é presidente da Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará.  

“Questões como valorização da cultura serrana, do consumo direto dos agricultores familiares, do manejo sustentável e inovação em cardápios devem estar associados ao planejamento global de desenvolvimento da região, buscando resultados em curto prazo como destinos turísticos que promovam o crescimento econômico do meio rural”, conclui Fabiana Gizelle.

De agosto a outubro, os empreendedores locais conheceram e aprenderam novas técnicas da gastronomia, assim, elevando os sabores e enaltecendo os produtos regionais destacados nos pratos que serão apresentados neste evento de certificação. “A valorização dessas atividades permite aos produtores e comerciantes locais não só um estímulo ao desenvolvimento sustentável, mas a consolidação de uma cadeia produtiva marcada pela pluralidade”, completa Chef Luciano.

Com foco na rota gastronômica e do café de sombra, o município de Mulungu passa a oferecer mais diversidade em pratos, turismo e na sua história. Estas inovações já alcançam a população capacitada e expectativas na geração de empregos diretos. Cerca de 50 pessoas, entre chefs locais, empreendedores e cozinheiros participaram da consultoria.

Mais informações
Escritório SEBRAE de Baturité
Telefone 85 3347-1570

Serviços
Projeto Revitalização da Gastronomia de Mulungu
Certificação de Chefs e empreendedores
Dia 13 de outubro às 10h
Na Galeria e Cafeteria Santa Demolição. 

Fonte: Vicente Araujo Assessoria e Relacionamento

Nova unidade administrativa da UTE Pecém reutiliza cinzas de carvão mineral

Cinzas de carvão mineral vêm ganhando novo uso graças a uma pesquisa conduzida pelo Laboratório de Mecânica dos Pavimentos da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Faculdade de Tecnologia do Nordeste (FATENE), com financiamento da Usina Termelétrica do Pecém. O resultado do estudo é aplicação de cinzas em 5% da composição (volume) de blocos de vedação, blocos calha, meio fio, piso intertravados H6 e H8. Os 95% restantes são compostos por cimento e outros agregados convencionais da indústria de produção de pré-moldados. Os novos blocos de concreto foram utilizados no prédio da Usina Termelétrica do Pecém (UTE Pecém), recém-inaugurado. 

A EDP, responsável pela UTE Pecém, investiu aproximadamente R$ 5,8 milhões na pesquisa. A cinza do carvão mineral está sendo adicionada à massa que forma os blocos de concreto utilizados na construção das paredes, na massa do meio feio e no calçamento externo da unidade (tanto de passeio quanto de circulação de veículos). A composição está sendo de 95% insumo tradicional e 5% de cinza. 

As peças de pré-moldado são feitas com adição de cimento e de uma série de outros componentes. Os agregados mais tradicionais são areia e pó de pedra, uma parte desses foi então substituída pela cinza na proporção de 5%. 
Os benefícios da utilização de cinzas em blocos pré-moldados são: transformação de resíduo em insumo, possível geração de receita com a comercialização de cinzas e redução de impactos ambientais em decorrência da substituição de recursos naturais por resíduos na indústria de pré-moldados. 

Reúso de cinzas 
Além da pesquisa, as cinzas provenientes UTE Pecém são direcionadas são direcionadas a empresas cimenteiras do Ceará e outros estados. O material é reutilizado como matéria-prima para a fabricação de cimento. 
As cinzas do carvão mineral também representam uma fonte alternativa para outros segmentos. O resíduo pode ser utilizado em diversos segmentos da construção, como aterros estruturais, blocos de cinza e cal, cerâmicas, materiais para impermeabilização de bacias de contenção, remediação de solos, entre outras aplicações. 

Sustentabilidade 
O novo prédio administrativo UTE Pecém é equipado com reservatórios para captar água da chuva e direcioná-la para uso em caixas sanitárias e irrigação de jardim. Ao todo, o sistema tem capacidade de acumular 20 mil litros de água. 

Já a laje do prédio possui entradas para a luz natural no ambiente interno, reduzindo a necessidade e iluminação artificial. Para não aumentar a temperatura do ambiente, o que exigiria mais energia do sistema de refrigeração, as entradas são equipadas com anteparo reflexivo que difundir a luminosidade e impedir a entrada da carga térmica. A unidade tem ventilação natural em algumas áreas dispensando a necessidade de aparelhos de ar-condicionado. 

Possui ainda um sistema de gerenciamento de energia para aumentar a eficiência energética, gerenciar a temperatura do sistema de refrigeração e controlar os fluxos elétricos. um sistema de gerenciamento de energia para aumentar a eficiência energética, gerenciar a temperatura do sistema de refrigeração e controlar os fluxos elétricos. 

Sobre a EDP – UTE Pecém
Em operação desde 2012, a UTE Pecém é um empreendimento do Grupo EDP. A empresa gera 370 empregos diretos e 1.053 empregos indiretos. A atividade da usina é responsável pela transformação do Ceará de estado importador para estado exportador da energia elétrica. 
A EDP Brasil atua nos segmentos de Geração, Distribuição e Comercialização e Soluções de energia elétrica no País. Além do Ceará, a EDP possui ativos em sete estados: Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, São Paulo e Tocantins. 
Controlada pela EDP Energias de Portugal S.A, uma das maiores operadoras europeias no setor energético, a EDP Energias do Brasil S.A. integra o Índice de Sustentabilidade da BM&F Bovespa (ISE), que reúne empresas que adotam boas práticas corporativas no que diz respeito a aspectos ambientais, sociais e de governança corporativa.

Fonte: AD2M Engenharia de Comunicação

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

FUNDAÇÃO LAMB WATCHERS CELEBRA PARCERIA INÉDITA COM O CHILDFUND BRASIL

Crianças e adolescentes do sul do Piauí estão no foco das duas organizações pelos próximos 12 anos; expectativa é de que as iniciativas possam alcançar 2 mil jovens apenas no município de Curimatá (PI)
São Paulo, outubro de 2017 – A Fundação Lamb Watchers (FLW) e o ChidlFund Brasil assinam, no próximo dia 12 de outubro, um acordo que regerá a parceria entre as duas organizações pelos próximos 12 anos. Entre os principais objetivos está a promoção de programas que visam a defesa dos direitos da criança e do adolescente, bem como de suas famílias. Com atuação em Curimatá (PI) desde 2014, a FLW já atende 730 pessoas por meio da iniciativa local PACE – Projeto Água, Cidadania e Ensino.
De acordo com o Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em Curimatá é de 0,607, o que posiciona a região como a 3.984ª em um ranking composto por 5.565 municípios. “Trata-se de um local praticamente abandonado pelo poder público e que se vê refém das necessidades mais básicas, como água, alimentação e educação. Temos trabalhado nas áreas urbana e rural, em busca de soluções sustentáveis e que possam ser facilmente replicadas entre as diversas comunidades com as quais nos relacionamos. Lidamos com um povo que quer e faz a diferença”, comenta o fundador da FLW, Ulisses Sabará, reconhecido em 2016 pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um dos dez Pioneiros Locais dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
Para o atual presidente da FLW, Wellington Rodgerio, além da escalabilidade em termos de captação de recurso, a troca de experiência com a nova parceira será essencial. “O ChildFund Brasil é reconhecido mundialmente pela qualidade das tecnologias sociais que leva às regiões em que está presente. Curimatá, assim como muitos outros municípios do sul do Piauí, é muito carente no que há de mais básico para o sucesso do ser humano: condições para se desenvolver e atingir a autonomia, em todos os sentidos que isso implica. Com certeza vamos encurtar a distância entre os objetivos que tínhamos em alguns anos e, também, pretendemos contribuir com o que nós aprendemos desde que chegamos lá”, explica.
De acordo com Gerson Pacheco, diretor nacional do ChildFund Brasil, a aliança estratégica entre as duas instituições é fundamental para o fomento de um desenvolvimento social pleno. “Curimatá está entre um dos municípios mais pobres do Brasil, é uma região que precisa muito da nossa atenção. Nosso objetivo principal é promover uma transformação social sustentável, principalmente porque a nossa missão é atender crianças, jovens, suas famílias e comunidades. Muitas vezes, eles estão em situação de pobreza, exclusão e vulnerabilidade, por isso esse público precisa de mudanças que quebrem o ciclo da pobreza e transformem o seu futuro”, finaliza.
Sobre a FLW – Desde 2014, a Fundação Lamb Watchers se dedica a apoiar diferentes instituições e projetos diretamente envolvidos com a erradicação da desigualdade social por meio de iniciativas focadas em pessoas que vivenciam diversas situações de vulnerabilidade. Tendo como principal objetivo servir àqueles que mais necessitam, ela se faz presente em locais de grande fragilidade, como as comunidades do Nordeste brasileiro e o sudoeste asiático.
Sobre o ChildFund Brasil – Há 51 anos, o ChildFund Brasil trabalha obstinadamente, para levar dignidade a milhares de crianças, adolescentes e jovens brasileiros que estão em situação de privação, exclusão e vulnerabilidade. Hoje, a organização segue criando, executando e aprimorando tecnologias, programas e projetos sociais que promovam impactos positivos e transformadores. Em 2016, o ChildFund Brasil beneficiou mais de 56 mil crianças, adolescentes e jovens e aproximadamente 123 mil pessoas e colocou em prática 237 projetos, alinhados com as diretrizes da Política Nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
Fonte: Grupo Image

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

MAIOR EVENTO DE SUSTENTABILIDADE DO NORTE E NORDESTE ACONTECE EM FORTALEZA


A 10ª edição do Fórum IEP de Sustentabilidade começa nesta quinta-feira, dia 5, no RioMar Fortaleza

Instituto de Educação Portal realizará nos dias 5 e 6 de outubro de 2017 no RioMar Fortaleza, a 10ª edição do Fórum IEP de Sustentabilidade com o tema Fazer sustentável: Paz, Justiça e Igualdade. O evento conta com participação de mais de 3 mil pessoas em atividade e autoridades como a Vice-Governadora do Estado do Ceará, Izolda Cela, e diversos secretários do Estado do Ceará.

Na sua programação, apresentações artísticas, Mostra de Economia Criativa, Caminho Sustentável com apresentação de projetos científicos na área da sustentabilidade desenvolvidos por universidades, feira de estande com empresas de grande porte como Beach Park, Grupo Marquise, Nufarm, Sistema OCB Sescoop/CE, Cagece e Sucos Jandaia, apresentando suas práticas de sustentabilidade, além de oficinas práticas e palestras ministradas por facilitadores renomados nacional e internacionalmente.

Ainda dentro da programação, a premiação da Comenda Transformando Vidas, criada com o intuito de homenagear personalidades que contribuem para o desenvolvimento e melhoria de vida da população cearense. Em 2017, o evento homenageará Paulo Eduardo Saade Montenegro, fundador do Instituto Povo do Mar – IPOM, Dr Cabeto, fundador do Instituto de Ciências Médias, Danilo Ramos, fundador do Lacuca CE, Sudério Filho, idealizador do projeto Sorrindo para a vida, Aline Telles, diretora do Grupo Telles, Cristina Nascimento, coordenadora do CETRA, Sena Garcia, idealizador do Projeto Natal do Amor e Emanuelly Oliveira, fundadora do Social Brasilis.

Na edição de 2017, o Fórum traz como palestrante Máster Rosier Alexandre, idealizador do Projeto Sete Cumes e um dos maiores nomes internacionais na sustentabilidade social e ambiental.

O Fórum IEP de Sustentabilidade tem como objetivo despertar a sociedade em seus diversos setores – Governo, Empresas Privadas, IES, Terceiro Setor e Sociedade Civil – para juntos alcançarem os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, um pacto firmado entre a ONU e mais de 192 países visando mudar o mundo através de metas estipuladas nos indicadores sociais.

Serviço
Evento: Fórum IEP de Sustentabilidade – 10a Edição
Data: 5 e 6 de Outubro de 2017
Horário: Quinta-feira, das 15h às 21h, e sexta-feira, das 9h às 19h
Local: RioMar Fortaleza – Piso L3 (R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Mais informações: www.portaliep.com

Fonte: jornalista Juciana Gurgel

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Energia Solar é o tema da nova campanha da MRV Engenharia


Mantendo o foco na inovação e na sustentabilidade, a MRV Engenharia acaba de lançar a campanha “MRV: Nosso Recado”. O vídeo destaca o investimento da MRV na energia limpa, infinita e abundante do nosso país, na energia solar e será exibido na TV fechada e também nas mídias sociais.

 A campanha posiciona a empresa como a primeira construtora da América Latina a investir em energia solar fotovoltaica em larga escala, uma iniciativa que contribui com o futuro do planeta e das gerações futuras.

 Segundo o Diretor de Comunicação, Marketing e Vendas da MRV, Rodrigo Resende, ao agregar aos seus empreendimentos mais essa novidade, a MRV beneficia não apenas os seus clientes com a economia na conta de luz e a valorização do imóvel, como também oferece nova e importante contribuição para a diversificação da matriz energética brasileira.

Resende ressalta que a MRV está empenhada em contribuir com o desenvolvimento sustentável do Brasil, por isso a construtora vai investir R$ 800 milhões no maior projeto de energia solar fotovoltaica de uma empresa privada brasileira. A companhia já lançou até o final do primeiro semestre mais 8 mil unidades com esta tecnologia e tem a expectativa de, em até cinco anos, entregar 220 mil unidades com sistemas de energia solar, o que representará 100% de seus lançamentos e dessa forma, contribuir para reduzir a emissão de 26 mil toneladas de CO2.


Veja o vídeo através do link: https://www.youtube.com/watch?v=yLw4J0blWQw

Fonte: VSM Comunicação

terça-feira, 26 de setembro de 2017

EcoDica - UFC e Aceprag realizam curso de controle de vetores e pragas urbanas

O Laboratório de Entomologia Aplicada (LEA) da Universidade Federal do Ceará, em parceria com a Associação das Empresas de Controle de Pragas do Ceará (Aceprag), realizará o I Curso de Controle de Vetores e Pragas Urbanas. A formação acontecerá nos dias 18 e 19 de outubro, no auditório do Departamento de Zootecnia da UFC (bloco 809 do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra).

A programação é voltada para a busca de soluções de problemas do cotidiano das pessoas causados por formigas, baratas, mosquitos (incluindo Aedes aegypti), moscas e outras pragas. Direcionada a estudantes dos cursos de Agronomia, Zootecnia, Medicina Veterinária, Biologia e Química, além de servidores públicos das áreas de vigilância ambiental em saúde, vigilância sanitária e meio ambiente, a iniciativa também contempla responsáveis técnicos e gestores operacionais de empresas de controle de pragas e pessoas interessadas.

As inscrições podem ser feitas no site do evento, onde há informações sobre o valores e programação.

Link do site do evento: http://eventosaceprag.webnode.com

Fonte: jornalista Leo Capibaribe

Opinião - Brasileiros, cada vez mais, optam por alimentos saudáveis


De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, a Proteste, com 2.406 brasileiros, de idades entre 17 e 74 anos, 80% das pessoas têm a consciência de que precisam mudar os hábitos alimentares. Além disso, um levantamento realizado pelo Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável, Organis, aponta que 64% dos entrevistados revelam que o consumo de produtos orgânicos está relacionado à saúde. Para 15%, o motivo é por indicação da mídia como alimentos mais saudáveis, por fim, 3% disseram que tiveram recomendações de médicos ou nutricionistas.

Diante desses dados, podemos observar que, além do sabor, a população está preocupada com a questão da saudabilidade dos alimentos ingeridos. Até mesmo os jovens e adolescentes estão mais atentos aos cuidados com a alimentação. Assim, o grande desafio da indústria alimentícia está relacionado aos investimentos em ingredientes mais saudáveis e naturais. Por isso, cada vez mais, as pesquisas são importantes para garantir o desenvolvimento de itens inovadores que agradem ao paladar e impactem de forma positiva na saúde.

A análise produzida pela Organis ainda revelou que para 18% das pessoas as questões ambientais também são muito importantes e influenciam na compra de alimentos. Nesse sentido, podemos destacar as manteigas e os óleos obtidos a partir de frutos e sementes da biodiversidade brasileira, entre eles, o cupuaçu, o coco licuri e a castanha-do-Brasil. Ou seja, além da procedência sustentável, também são benéficos por serem naturais e orgânicos.

A proposta é que esses ingredientes sejam acrescentados a receitas tradicionais do dia a dia como pães, bolos, cookies, molhos e maioneses, para além de proporcionarem sabores exclusivos, possam fortificar nutricionalmente os alimentos.

A conclusão de todo esse cenário é que a indústria alimentícia está passando por um grande processo de transformação, o que envolve não somente a mudança de comportamento do consumidor, mas também, a revolução das marcas para esse novo momento do mercado. O resultado, certamente, será benéfico para todos. Afinal, cada vez mais, os alimentos saudáveis e funcionais ganham espaço no nosso cardápio.

Por Lilia Kawazoe - É gerente comercial da Unidade de Negócio Concepta Ingredients, pertencente ao Grupo Sabará, especializada no desenvolvimento de soluções naturais e tecnológicas, com foco nas indústrias de alimentos, bebidas, nutrição animal e farmacêutica veterinária. A partir de maio de 2017, oferece ao mercado de food service uma linha 100% orgânica de manteigas e óleos vegetais sustentáveis, direcionada a hotéis, restaurantes e cafeterias (HORECA).

Fonte: GPImage